Inglês técnico para programadores

Que aprender inglês ajuda na carreira de qualquer profissional, isso tudo mundo já sabe. Em algumas profissões, no entanto, saber inglês deixa de ser uma opção e passa a ser um conhecimento que serve de instrumento para o trabalho. Entre as profissões que mais fazem uso da língua inglesa – finanças, vendas, comércio, secretariado – a área de programação é a que mais trabalha com o uso da língua.

Há um velho ditado que diz que quem é programador e não aprende inglês nunca será um programador de verdade. E faz sentido, já que boa parte dos programas, dos termos e dos equipamentos usados nessa área estão em inglês. Maurício, por exemplo, largou o emprego de programador por um ano e foi morar na Austrália para aperfeiçoar seu inglês. ingles-1Segundo ele, essa foi a experiência mais valiosa até o presente, pois a partir dela as portas para a programação se abriram. Ele cita que antes precisava traduzir documentação através de tradutores simultâneos e era complicado obter respostas através de fóruns brasileiros. Depois de ter tomado a decisão de deixar tudo para trás e começar a aprender inglês, tudo isso mudou. Mas e quando não é possível viajar, seja por falta de tempo ou dinheiro? Uma plataforma nova e promissora chegou há 5 meses no Brasil e vem mudando o conceito de ensino de idiomas, como é o caso da Preply, que oferece aulas de inglês online com professores brasileiros, estrangeiros ou nativos.

Programador precisa aprender inglês!

Evoluir em tecnologias e desenvolver novas metodologias nessa área, sem ter o domínio do inglês, é extremamente difícil, e isso pode ser reconhecido através de atividades simples como a correção de um bugLog Error, por exemplo. Esse profissional precisa conhecer os sistemas de forma aprofundada e ler manuais ou decorar não vai ajudar muito, além de tornar o processo todo mais cansativo. Como o programador desenvolve softwares, corrige sistemas e utiliza fontes que, em sua grande maioria, estão na língua inglesa, fica difícil atuar sem a língua

ingles-2Além disso, a moda dos Apps para Android e iPhone também estão fazendo com que o mercado se atualize mais rapidamente e quando o profissional entende o idioma pode “beber diretamente da fonte”, sem precisar esperar por traduções de qualidade. Se você está pensando em estudar programação ou é programador e precisa decorar os termos porque não sabe falar a língua, o ideal é começar com o aprendizado do inglês agora mesmo! Após ter atingido a fluência, até o próprio exercício das atividades ficará mais fácil, bem como o campo de atuação do profissional, que se amplifica diante da maleabilidade de seus conhecimentos.

Dizem que quando uma novidade tecnológica surge em países desenvolvidos como os Estados Unidos, demora de um a dois anos para que ela chegue até aqui. Por exemplo, o Uber que chegou recentemente aqui, já existia nos EUA a algum tempo. Saber inglês te dá a oportunidade de ter contato com o que há de mais novo em tecnologia no mundo!

Muitas pessoas dizem que não tem tempo para estudar inglês. Eu já digo que é “desculpinha”. Ainda mais com a possibilidade de estudar remotamente com professores qualificados. E se você for olhar na plataforma Preply, o preo das horas estão bem acessíveis. Então não tem desculpas, as oportunidades estão aí batendo na porta, caberá a você estar preparado ou não.

Bons estudos!

Inglês técnico para programadores
2.25 (45%) 64 votos
  • Pedro N. Silva

    Muito bom o artigo, o inglês realmente tem que ser dominado!

  • Rob_Steinman

    Excelente site e artigo amigo, parabéns Deus te abençoe!